eastre

A deusa germânica da fertilidade, da agricultura e da primavera, Eostre, ou Eastre, era celebrada com o ateamento ritual dos fogos da aurora como proteção para as plantações. Ela simboliza a primavera, o novo crescimento, o renascimento.

No Equinócio da Primavera, quando as horas de luz são precisamente as mesmas que as de escuridão, marcava-se o início da estação das flores e das colheitas com o festival de Eostre, que celebra a deusa com o mesmo nome. Este ritual sazonal celebrado na cultura celta, também conhecido como Sabbat, festeja o eterno ciclo de morte e ressurreição presente na Natureza. Eostre, que é a deusa da fertilidade e da abundância, é representada com um ovo na mão e uma Lebre no colo: o ovo simbolizando o nascimento e a criação e a Lebre, animal sagrado da deusa, representa a capacidade de reprodução, a fertilidade e a abundância.

Na tradição saxónica, a Lebre também é símbolo da lua, que está associada à Páscoa por ser utilizada para definir a data da celebração. No dia sagrado de Eostre, os antigos decoravam ovos com tintas coloridas que depois lançavam ao fogo como oferenda à deusa.
Certa vez, quando a Deusa estava demorando a chegar, uma menininha encontrou um passarinho prestes a morrer de frio e pediu ajuda a Eostre. Uma ponte de arco-íris surgiu e Eostre veio com seu vestido vestido vermelho de quente e vibrante como a luz do Sol, então derreteu a neve e a Primavera chegou. Como o passarinho estivesse mortalmente ferido, Eostre transformou-o numa lebre do gelo que botava ovos de arco-íris. Como um sinal da primavera, Eostre ensinou a garotinha a observar quando a lebre do gelo surgisse nas florestas. Anunciando assim, o inicio da Primavera.

Ritual de Eostre

Coloque uma tigela com ovos cozidos decorados, desenhos de fertilidade e outros símbolos mágicos que indiquem renascimento.Bata o sino três vezes e invoque:

“Sagrada Senhora,espíritos do fogo, da terra, do Ar e da água; Donzela da pureza, bela e justa, representação da Mãe Terra, doadora de vidas, anciã, sabia,
Invoco agora sua Divina Presença
Abençoado seja este momento de primavera sob o nome divino de Eostre,
deusa da fertilidade e da primavera.
Sob seu sagrado nome e sob a sua proteção este ritual de renascimento agora se inicia.
Abençoada seja a deusa da fertilidade,
abençoado seja o seu ritual da época da primavera.
Abençoado seja o rei deus sol, abençoada seja a sua luz sagrada.
Finalmente a deusa da primavera renasceu,
a sua beleza dá vida às árvores e às flores.
Abençoada seja a divina deusa das matas.
Ela é a criadora de todas as coisas vivas.
Abençoado seja o senhor das matas.
Eu canto esta canção para a deusa e para o deus.
Despertem, despertem todos e ouçam a voz do chamado da deusa.
Abençoada seja a nossa mãe terra, que ela seja preenchida com paz, magia e amor.
A deusa respira a vida.
A deusa dá a vida.”

 

Gostou do artigo? Achou-o curioso? Dê um curtir para ele!